19 de março de 2010

A arte de negociar

Aprenda a negociar de vez! Veja o exemplo que segue:

PAI - escolhi uma ótima moça para você casar.
FILHO - Mas, pai, eu prefiro escolher a minha mulher.
PAI - Meu filho, ela é filha do Bill Gates.
FILHO - Bem, neste caso, eu aceito.

Então, o pai negociador vai encontrar o Bill Gates.

PAI - Bill, eu tenho o marido para a sua filha!
BILL GATES - Mas a minha filha é muito jovem para casar!
PAI - Mas este jovem é vice-presidente do Banco Mundial.
BILL GATES - Neste caso, tudo bem.

Finalmente, o pai negociador vai ao Presidente do Banco Mundial.

PAI - Senhor Presidente, eu tenho um jovem recomendado para ser vice-presidente do Banco Mundial.
PRES. BANCO MUNDIAL - Mas eu já tenho muitos vice-presidentes, mais do que o necessário.
PAI - Mas, senhor, este jovem é genro do Bill Gates.
PRES. BANCO MUNDIAL - Neste caso ele pode começar amanhã mesmo!

4 comentários:

  1. Olá,

    Eu já conhecia esta história a um bom tempo, é muito boa mesmo, e mostra que nenhuma negociação está perdida, nada é impossivel.

    Claro que não é tão fácil assim, mas com muito esforço e dedicação e grande capacidade para negociar conseguiremos sempre o que queremos.

    Grande Abraço;
    Lauro Daniel

    ResponderExcluir
  2. kkkkkkkkkkkkkkkkk

    Ju,

    Essa foi muito boa mesmo...

    Se encontrar algum negociador desse tipo, pode me apresentar tá? hehehehe

    Bjs.

    Ro.

    ResponderExcluir
  3. Oi Ju querida!
    Acho essa muito boa. Realmente quem persiste e sabe negociar consegue tudo... :-) rsrsrs
    Este sim provou ser bom de papo. :-) rsrs
    Adorei a piada amiga.
    Forte abraço, Fernandez.

    ResponderExcluir
  4. Desde já as minhas sinceras desculpas pelo facto de este comentário que deixo não ter relação com o post .

    É apenas um
    Convite

    O livro "Continuando assim...", foi maltratado...

    Resolvi por isso, e porque tanta gente não encontra o livro onde deveria estar (nas livrarias), recontar a história
    Lá no …. Continuando assim…
    www.continuandoassim.blogspot.com

    Vamos em metade da história, o livro reescrito, não está igual (nem poderia!) ao que foi editado.
    Obrigada a todos os que vão seguindo (pois só assim vale a pena).
    Um obrigada especial a quem ainda não conhece e chega de novo

    Uma reflexão em relação a todo este assunto entre livros, autores e editoras, e um conselho, se é que me é permitido:

    --- quando vos pedirem dinheiro para editar as vossas palavras, simplesmente digam que não ---

    um abraço
    Teresa

    ResponderExcluir