27 de novembro de 2009

Já fez seu Teste para PSICOPATA?

Esse é um teste psicológico de verdade.
Uma garota, durante o funeral de sua mãe, conheceu um rapaz que nunca tinha visto antes.
Achou o cara tão maravilhoso que acreditou ser o homem da sua vida.
Apaixonou-se por ele e começaram um namoro que durou uma semana.
Sem mais nem menos, o rapaz sumiu e nunca mais foi visto.
Dias depois, a garota matou a própria irmã.
Questão: Qual o motivo da garota ter matado sua própria irmã???
(Não desça até o final antes de ter pensado em uma resposta!!!)
Realmente tente responder, pois é interessante.
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
*
Ela matou porque esperava que o rapaz pudesse aparecer novamente no funeral de sua irmã.
Se você acertou a resposta, você pensa como um psicopata.
Esse é um famoso teste psicológico americano para reconhecer a mente de assassinos seriais (Serial Killers).
A maioria dos assassinos presos acertou a resposta.
Para um psicopata, sempre OS fins justificam OS meios.
Se você errou... Bom para você, Bom para sua família e Bom para seus amigos.
Se você acertou a resposta... Só posso dizer uma coisa: SOCORROOOOOOOOOO.........
rsrsrsrsrs...

13 comentários:

  1. SAUDAÇÕES!
    Amiga Juliana,
    É interessante, confesso que se quer passou pela hitótese da ideia a resposta!
    Parabéns pelo excelente post!
    Abraços fraternos,
    LISON.

    ResponderExcluir
  2. ahahahah
    Bem eu errei! Irra... bem que queria acertar! Andei às voltas e inventei logo uma história... teria o rapaz caído de amores pela irmã? Teria a irmã morto o rapaz porque o amava secretamente e não suportava vê-lo com a irmã? Depois baralhei-me com as irmãs e desisti! ahahahah

    Beijos! O teste é excelente.
    Luísa

    ResponderExcluir
  3. Oi, Juliana!
    Legal demais esse teste!
    Ufa! Ainda bem q não acertei!... rsrsrs
    Sabe o q eu pensava?
    Que ela teria matado a irmã porque era muito bonita e talvez, se o cara voltasse, quisesse ficar c/ ela, a irmã...
    Fui tão romântica, né? rsrsrs
    Bom post, amiga!
    Bjs,
    Mary. :-)

    ResponderExcluir
  4. Para alegria de todos eu....
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    .
    ..

    Erreeeiii...hehehe

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Ju,

    Muito legal esse teste, pois eu não conhecia.

    E graças a Deus, eu errei feio... hehehehe

    Ainda bem...

    Bjs.

    Rosana.

    ResponderExcluir
  6. Estou com medo de mim...
    Acertei de primeira e fácil.
    Para mim a resposta está muito visível.

    Será que tenho tratamento?

    ResponderExcluir
  7. Nunca passou pela minha cabeça essa resposta, achei que a irmã morta tinha um caso com o cara que sumiu. Ainda bem que eu errei né?

    ResponderExcluir
  8. Ainda bem que eu errei. Eu pensei parecido com a Luísa. Que a irmã fosse psicopata e teria matado o rapaz e ela em desespero matou a irmã.

    ResponderExcluir
  9. dá uma passada no meu blog dicamusic.blogspot.com to te seguindo

    ResponderExcluir
  10. Eu errei, achei que ela teria tido inveja da irmã, ciúemes, sei lá. Nem pensei na hípótese de um novo assassinato. Teste bem interessante. Abraços.

    ResponderExcluir
  11. Fico imaginando: o que é que leva alguém a ter uma idéia infeliz dessas? Olha eu vou te dizer, tenho uma imaginação fértil, pensei bem o que poderia ter motivado tal atrocidade e nem cheguei perto da resposta. É claro que a 1ª resposta que vem a mente é "porque ela é uma psicopata". Não só pela ausência aparente de motivos, mas também porque é o tema do post. Só que mesmo bancando o advogado do diabo e tentando imaginar uma explicação (o que não é o mesmo que justificativa), pensei que pudesse haver uma causa subjacente, algo não informado (estudo Economia, incertezas e assimetria de informação são uma rotina para mim), sabe algo do tipo "ela suspeitava que a irmã tinha um caso com o rapaz". Agora o que ela fez demonstra claramente a visão que o psicopata tem do ser humano: um simples objeto. Nada mais. Perturbador!

    ResponderExcluir
  12. Eu errei e muito.... nossa passei longe disso!

    ResponderExcluir